CREMAÇÃO

Cada vez mais famílias têm optado pela Cremação como alternativa ao Sepultamento. Trata-se de uma das práticas mais antigas da humanidade para se despedir de seus entes queridos. Hoje, a Cremação tornou-se uma opção acessível e de maior consciência ambiental. Nossa equipe possui todas as informações para esclarecer suas dúvidas sobre o assunto. Atualmente contamos com empresa parceira para a realização do Serviço de Cremação.

A cremação só poderá ser realizada após decorridas 24 horas da constatação do óbito.
O Processo de cremação passa por duas etapas combustíveis. A primeira diz respeito ao corpo e ao ataúde (urna), atingindo a temperatura aproximada de 600 graus. Na segunda fase, são processadas as substâncias particuladas e gases resultantes da etapa anterior. Esse procedimento ocorre na temperatura aproximada de 850 graus. Para que todo o processo esteja dentro das normas que visam a redução dos riscos ambientais, é exigido que o ataúde não tenha nenhum acabamento em verniz ou este seja à base de água e que todas as suas partes metálicas e vidros sejam retiradas.
O corpo também é preparado para que não conter qualquer tipo de peças metálicas, a fim de garantir a qualidade dos gases emitidos na atmosfera. O tempo total de cremação varia de duas a duas horas e meia.
A disposição final das cinzas resultantes da cremação, depende geralmente do desejo da pessoa em vida ou da religião e desejo dos seus familiares.

Para citar exemplos, as cinzas podem ser:
• Colocadas em jazigos ou emplacadas em mural;
• Depositadas em um columbário;
• Espalhadas pelo jardim;
• Lançadas ao mar ou ao vento;
• Transformadas em diamantes sintéticos, entre outros.

As cinzas não retiradas dos crematórios são, via de regra, espargidas nos jardins que entornam os crematórios.
A cremação exige que a pessoa registre em cartório o desejo de ser cremado, ou então que o parente mais próximo requisite o serviço, sendo necessário providenciar a documentação de acordo com a Legislação em vigor (Lei nº 6.015, de 31 de dezembro de 1973, com as corrigendas da Lei nº 6.216, de 30 de junho de 1975):

Você pode incluir a cremação no seu Plano de Assistência Funeral (não incluso urna cinerária).
Para maiores informações , entrem em contato com a nossa Empresa através do telefone (18)3271-1500
“Havendo a necessidade de indagar com relação à anuência de uma determinada religião ou crença sobre essa técnica funerária - a Cremação - orientamos para que consultem os seus respectivos líderes religiosos”
.

Dúvidas Frequente

Relacionamos um conjunto de perguntas mais frequentes, com suas respectivas respostas, para tirar qualquer dúvida que você tenha, relacionada à técnica de Cremação.

1O que é Cremação?
É um processo que transforma um corpo em cinzas de forma rápida. É realizada através de um equipamento de alta tecnologia, projetado exclusivamente para esse fim.
2Como se dá a Cremação?
Após o término da cerimônia do velório, a Urna funerária será conduzida para a Capela Crematória, para as últimas homenagens. Ao final da celebração, a urna desce para o crematório, onde se iniciará o processo de cremação.
3Quantos corpos são cremados de uma única vez?
É feita a cremação de um só corpo. Não há qualquer possibilidade de ser diferente, pois o próprio equipamento comporta apenas um corpo a cada vez que é acionado.
4O que se faz com as cinzas após a Cremação?
As cinzas resultantes da cremação são recolhidas individualmente, devidamente identificadas com o nome do falecido(a), datas de nascimento e do falecimento; são acondicionadas em uma urna especial, escolhida pela família dentre várias opções. Essa urna pode ser guardada em nichos, no columbário ou sepultada em jazigos, ou até mesmo pode ser levada pela família para determinado destino conforme a própria vontade da pessoa cremada ou de seus familiares.
5Como são essas Urnas?
São recipientes confeccionados em porcelana, madeira, fibra de vidro ou fibra vegetal, alumínio ou bronze, em diversos modelos, formas, tamanhos e cores.
6É possível cremar somente os ossos?
Sim, isso é perfeitamente possível e recomendável. Aqueles que precisam exumar corpos para gerar espaço em seus jazigos, põem utilizar esse recurso.
7Existe alguma espécie de fumaça ou odor durante a Cremação?
De espécie alguma. Como o equipamento é de alta tecnologia, fumaça ou odor simplesmente não existem, até porque somente estão autorizados a funcionar os crematórios que obedeçam rigorosamente às normas ambientais.
8É preciso deixar por escrito o desejo de ser cremado?
Pode-se deixar por escrito a vontade de ser cremado, mas também é possível cremar um corpo com a autorização expressa de um familiar direto e duas testemunhas.
9Juntamente com o corpo, crema-se a Urna?
Sim. Entretanto são retirados todos os metais e vidros que possam prejudicar a qualidade da cremação.
10Pode-se cremar um corpo cuja origem do óbito tenha se dado de forma violenta?
Sim. Mas, nesse caso, exige-se Autorização Judicial.
11Um corpo com marca-passo pode ser cremado?
Sim. No entanto, para que a cremação transcorra normalmente é preciso que se retire o marca-passo, serviço este realizado antes da cremação, pelo Hospital ou pela Funerária.
12A Cremação dispensa velório?
Não. Todo cerimonial de velório permanece o mesmo, permitindo assim a realização de todas as cerimônias tradicionais de um funeral.
13Em quais casos pode ocorrer a Cremação?
A cremação será efetuada, desde que atendida às seguintes formalidades:
Cremação para casos de morte natural:
» Será feita a cremação daquele que houver manifestado a vontade de ser cremado, constante em declaração expressa, por instrumento público ou particular.
» Quando ocorrer morte natural e o falecido não houver manifestado, em vida, discordância quanto à cremação.
» Em qualquer dos casos acima será obrigatória a apresentação do atestado de óbito firmado por 02 (dois) médicos ou por 01 (um) médico legista, além da presença do representante legal e de 02 (duas) testemunhas, para autorização da cremação.
Cremação para os casos de morte violenta
» A declaração de óbito deverá ser assinada por 01 (um) médico legista e só será efetuada a cremação mediante autorização do poder judiciário. Além disso, exige-se a presença do representante legal e 02 (duas) testemunhas, para efetivação da autorização da cremação.

Importante:
A autorização do Poder Judiciário não dispensa a presença do representante legal para autorizar a Cremação.
14Como se dá a Cremação de ossos para os casos de morte natural?
Os restos mortais, após a regular exumação, poderão ser cremados, mediante o consentimento expresso do representante legal do falecido e guia de translado externo emitido pelo Cemitério de origem, informando os dados dos despojos a serem cremados e cópia da Certidão de Óbito.
15Como se dá a Cremação de ossos em caso de morte violenta?
Guia de translado externo, informando os dados do corpo exumado, fornecida pelo Cemitério de origem, cópia da Certidão de Óbito, bem como a presença do representante legal do falecido para autorização da cremação.
16Como se dá a Cremação de membros?
É necessária assinatura de 02 (dois) médicos em receituário próprio, constando o membro amputado e sua causa, além da presença de um representante legal para autorização da Cremação.
17Como se dá a Cremação para os casos de pessoas estrangeiras não residentes no país?
No caso de morte natural de cidadão estrangeiro, não residente no país, a cremação deverá ser devidamente autorizada por autoridade judicial competente, mediante solicitação formulada pelo consulado do país expedidor do passaporte do falecido, na qual constem o nome e cargo de quem a formulou.
18Quais são considerados representantes legais para autorizar Cremação?
Para fins de autorização de cremação, são considerados representantes legais:
1. O Cônjuge sobrevivente;
2. Os Descendentes;
3. Os Ascendentes;
4. Os Irmãos.

Esclarecemos que outro parente, além da ordem acima citada, somente poderá autorizar a Cremação se o anterior for comprovadamente falecido.
19Há idade mínima para ser representante legal?
O autorizante deverá ser maior de 18 anos e estar munido de documentos de identidade e documentação que comprove o grau de parentesco.
20Há casos em que não se necessita de representante legal?
Sim. Caso o falecido tenha manifestado por escrito a vontade de ser cremado, não será exigida a autorização do representante legal para efetivação da cremação.
21E se não houver representante legal ou declaração registrada em cartório?
Se o falecido não possuir representante legal e não tiver deixado por escrito a sua vontade de ser cremado, a cremação só poderá ser realizada com a autorização judicial.
22Quem recebe a urna cinerária?
A urna cinerária será entregue, no prazo de até 10 (dez) dias úteis, a quem o falecido houver indicado em vida ou ao seu representante legal.

Orientações sobre os documentos a serem apresentados em caso de cremação

1. Manifestação de Vontade da pessoa falecida expressando o desejo de ser cremado(a) após o seu falecimento, com firma reconhecida e registro em cartório.

2. Na falta da Manifestação de Vontade assinada pelo(a) falecido(a), será necessário o Testemunho dessa Manifestação de Vontade, que deverá ser assinado pelo cônjuge e pelos filhos maiores e capazes. No caso de a pessoa ser solteira, esse documento deverá ser assinado pelos ascendentes ou pelos irmãos. Deverá haver o reconhecimento das assinaturas pelo Cartório.

3. Cópia Autenticada do Atestado de Óbito onde conste a assinatura de dois médicos ou a de um médico legista.

4. Cópia Autenticada da Certidão de Óbito emitida pelo Cartório de Registro Civil das Pessoas Naturais.

5. Cópia Autenticada do RG, CPF e Certidão de Casamento da pessoa falecida.

6. Preenchimento da Autorização para Procedimento de Cremação e Solicitação para Cremação, com assinaturas autenticadas.

7. No caso de morte violenta, além dos documentos acima mencionados faz-se necessária a apresentação da autorização judicial para cremação.

8. Cópia Autenticada do RG e CPF das pessoas que assinaram o documento mencionado no item 2 inclusive das testemunhas.

9. A não apresentação de qualquer dos documentos acima mencionados impedirá a realização da cremação.

10. O crematório se reserva o direito de exigir quaisquer outros documentos que entenda necessários para a realização da cremação.

11. Havendo marca-passo inserido ou anexado ao corpo, a família deverá providenciar a sua retirada antes de se encaminhar o corpo para o crematório.

12. A Cremação será efetuada sempre após o tempo de 72 horas, contadas a partir do falecimento, e desde que atendidas as devidas formalidades.



Clique aqui para abrir versão de impressão